Redes Social

PE 45 - Uma rodovia ultramoderna ou uma tábua de pirulito?

"Pela estrada a fora, eu vou bem sozinha levar esses doces para a vovozinha. A estrada é longa, o caminho é deserto e o lobo mau passeia aqui por perto. Mas à tardinha, ao sol poente Junto à mamãezinha dormirei contente."*



Para que veículos automotores possam se locomover com um pouco mais de facilidade existem as ruas, avenidas, estradas e rodovias. Para os menos afortunados cognitivamente,  rodovias, de acordo com o Código de Trânsito, são vias rurais de rodagem pavimentadas. No Brasil corresponde a uma via de transporte interurbano de alta velocidade, que podem ou não proibir o seu uso por parte de pedestres e ciclistas, sendo de fácil identificação por sua denominação no caso de federais são chamadas pelas iniciais BR-XXX (onde XXX é o código de cada rodovia) e as estaduais de AB-XX(X) (onde as letras AB representam o código do Estado brasileiro e o XXX ou XX é o código da estrada).

O Estado de Pernambuco, assim como todos, é cortado por vias federais e estaduais. O que diferencia é a conservação das mesmas, principalmente as estaduais; são excelentes, muito bem estruturadas e quase não têm buracos... Um exemplo é a PE-45.

A PE-45, liga o município de Vitória de Santo Antão ao município de Escada, ambos situados na zona da mata sul. A rodovia, que atualmente parece uma tábua de pirulito, tem cerca de 30 km de extensão, e é uma das mais importantes estradas para o desenvolvimento econômico de Pernambuco, pois faz a conexão com as duas principais rodovias federais do Estado, BR-232 e BR-101, facilitando o escoamento de produtos entre Suape e o interior.


Ladeira de Pedra - Trecho da PE-45/Vitória de Santo Antão

Quem trafega por esta esplêndida e futurista estrada, sente-se orgulhoso por pagar anualmente um imposto que, de tão irrisório, chega a ser ridículo. Afinal, a modernidade da rodovia proporciona aos motoristas e demais passageiros uma espécie de massagem automática, deixando todos bem relaxados e felizes. Vale destacar, também, que o tempo que se leva para percorrer os 30 Km é de aproximadamente o dia todo.

Durante o percurso é possível filosofar bastante, proferindo as belas inquietações: “Que carai é isso?”; “Puta que pariu”; “Deu o carai”; “Deu a misera”; “Deu a desgraça.” [...] Enfim, são muitas as eloqüências.

Procurada pelos escribas do Blog, na qual foram parabenizar o excelente trabalho, a Secretária de Transportes de Pernambuco, informou que infelizmente a rodovia dentro em breve – lembrem-se que um minuto para d(D)eus equivale a mil anos terrestre - não terá mais os massageadores. Isso porque, a mesma será restaurada, sendo investidos 25 milhões de reais na sua manutenção. No dia 2 de fevereiro, iniciaram a abertura dos envelopes  - mas só fizeram iniciar – e a empresa vencedora terá 365 dias para deixar a obra pronta. Então, no início de 2012, essa obra estará completamente concluída. Será uma nova rodovia, e também terá a sinalização para garantir a acessibilidade da população.



Informações complementares: Wikipédia; Secretária de Transporte de Pernambuco; Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER); Pe360 graus; DNIT.

Música: Pela Estrada a fora -  Braguinha

Imagens: Google Imagens


Um comentário:

  1. "Durante o percurso é possível filosofar bastante, proferindo as belas inquietações: “Que carai é isso?”; “Puta que pariu”; “Deu o carai”; “Deu a misera”; “Deu a desgraça.” [...] Enfim, são muitas as eloqüências."


    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Vou toda semana pra casa de parentes em Escada, e é mesmo assim, véi! quando estamos nas caminhonetas, que tem espaço para 12 pessoas, mas que levam 30, é que deu o carai mesmo!

    (José Luis)

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico