Redes Social

Reclamações Vitorienses

Alunos de todas as religiões, credos e cores estão indignados, dês do recesso da UFPE os ônibus que levam os estudantes para as faculdades do Centro do Recife, Boa Viagem, UFRPE, IF, UFPE não estão circulando, aliás circulam, mas só dentro de Vitória. 

A data prevista para o retorno dos ônibus ficou  para o dia 14 de Janeiro, sendo que segunda-feira (07/01) os alunos da Universidade Rural de Pernambuco e o IFPE-Recife (que não entrou em recesso), necessitam dos ônibus agora, deste modo os alunos acabaram se prejudicando nessa primeira semana de aula pós-recesso. O que fazer nessas condições? Veja o depoimento de alguns alunos:

A nossa reportagem perguntou a vários alunos: o que você achou da ausência dos ônibus dos estudantes? 
Um primeiro aluno disse: Eu achei bom... eu nem queria ir pra faculdade mesmo.
Já outro respondeu: Eu vou aproveitar e fazer curso à distância. Assim não vou depender tanto dos ônibus. 
Um aluno de Boa Viagem disse: Foi até bom mesmo, a mensalidade da "Facul" tava atrasada. 

Com isso se encheu de reclamações os meios de comunicação "Internetescos" da Vitória, deixando evidente a indignação dos alunos com relação ao seu abandono "periódico" por parte da Diretoria de Transporte Estudantil. 

FALANDO SÉRIO:
Há um claro erro de logística nesse caso, uma vez que os ônibus deveriam estar de acordo com o calendário letivo das respectivas faculdades em que se destinam e não a merce de uma ou outra decisão arbitraria por parte do órgão responsável. Se o fato é a manutenção dos ônibus que fizesse isso diminuindo a frota por três meses, um ano etc, e não totalmente.  

Enquanto isso...

Blog Deu O Carai em Vitória

INDIGNAÇÃO

Geralmente a única tragédia que publicamos aqui é sobre a política vitoriense, mas esse caso merece atenção: Trata-se de um aluno da UFPE que também conhecemos.  LEIAM COM ATENÇÃO E AJUDEM DA FORMA QUE FOR POSSÍVEL.  

MORTE DO ESTUDANTE de CIÊNCIAS SOCIAIS DA UFPE: Raimundo Matias- conhecido por Samambaia

"Samambaia" - Raimundo Matias Dantas Neto, aluno do curso de Ciências Sociais da UFPE.

Nosso querido amigo Samambaia saiu de casa na quarta-feira, dia 02/01, informando a família que iria comprar um notebook. Nesse mesmo horário, um amigo dele entrou em contato para confirmar sua participação na "pelada" da quinta-feira, ele confirmou. Depois disso não se teve mais notícias dele. A família começou a procurar em hospitais, delegacias e nada. Na quinta-feira, a notícia do desaparecimento foi divulgada pelo programa "Ronda Geral".

Na madrugada da quinta para sexta, o corpo dele foi encontrado na praia de Boa Viagem, na altura do posto 57.
A família compareceu ao IML na sexta feira pela manhã, mas só tomamos conhecimento do desaparecimento dele depois da matéria exibida na TV, mais ou menos às 13:30 da tarde. A partir disso houve uma mobilização pelas redes sociais, até que de fato foi confirmado que o corpo dele já estava no IML. Quando conseguimos o telefone da família dele, entramos em contato e em seguida fomos ao IML.

Chegando lá, conversamos com os parentes, e no atestado de óbito continha 'ASFIXIA POR AFOGAMENTO'. Durante a conversa perguntamos se os parentes haviam visto o corpo, e eles disseram que foram PROIBIDOS, pois como a carteira reservista dele se encontrava no bolso, o corpo já estava “identificado”.

Questionamos e duas pessoas acompanharam o irmão dele em um nova tentativa de reconhecer o corpo, e mais uma vez lhe foi negado o direito de reconhecer o corpo do irmão.
“O por quê dessa agonia para vermos o corpo”? perguntou a perita que falou com a família de manhã. Segundo ela, havia relato que o corpo estava liso, sem nenhum ferimento ou escoriação, e estava de roupa. Achamos estranho pois, se foi por asfixia, haveria marcas no corpo. Nessa nova ida houve uma pressão para reconhecer o corpo estava notório o desconforto da pessoa que nos atendeu e sua constante tentativa de negar aos familiares o corpo de Samambaia. Depois de muita insistência, foi mostrado foi um documento que contém fotos no momento em que o corpo chegou ao IML, nessas fotos foi visualizado que: ELE ESTAVA SEM BLUSA (a perita havia dito que ele estava vestido), PARTE DOS SEUS DREADS FORAM ARRANCADOS, HAVIA SIM ESCORIAÇÕES PELO CORPO, A BERMUDA DELE ESTAVA TOTALMENTE RASGADA, E O PESCOÇO ESTAVA APARENTEMENTE DESLOCADO.

Conseguimos uma advogada (mãe de uma aluna de pedagogia), ao relatarmos o caso para ela, ela começou a nos dar diretrizes. O IML queria se livrar do corpo sem ao menos esclarecer a morte. Na delegacia consta “morte a esclarecer”, no IML “asfixia por afogamento” e nada mais)... Quando se trata de uma asfixia se trata de um homicídio. Ao saber do caso a advogada nos orientou que o corpo não poderia sair do IML pois perderíamos as provas.
Hoje de manhã voltamos ao IML para falar com diretor, porém ele não trabalha nos finais de semana. Fomos pedir esclarecimento da causa morte, e ninguém soube dar explicação. Daí fomos com a família e a advogada, ao DHPP.

Chegando lá depois de muita conversa, a delegada orientou que o corpo não fosse retirado do IML, pois como o caso não havia sido registrado como homicídio o DHPP não poderia instaurar o inquérito.
A delegada fez um ofício com pedido de URGÊNCIA que fosse feito um exame TOXICOLÓGICO. Voltamos com esse ofício para o IML, e mais uma vez houve um total descaso: primeiro não quiseram receber o ofício enviado pelo DHPP. Disseram que teríamos que esperar a perita que havia feito a perícia anterior. Isso era por volta das 11h, e essa perita chegaria às 13h.

Ficamos a sua espera, deu a hora e nada dela chegar e ninguém mais sabia onde encontrá-la. O perito que estava de plantão recebeu o ofício solicitando o exame e falou que haveria uma nova perícia.É isso galera. Estão tratando o caso como mais um preto e pobre assassinado. Lá, eles chamam 'ZÉMICIDIO', apenas mais um na estatística. Queremos o apoio de todos. Quem tiver contato com a mídia, seja ela televisiva ou jornal impresso, por favor, que entrem em contato.

Tentaremos obter apoio da UFPE e do reitor para que haja um posicionamento da Secretaria de Defesa Social, não podemos deixar de cogitar a hipótese de crime racial. Queremos justiça!"
Relato de Bruna Machado Simões



Texto Integral - Fonte: Facebook

Vitoriense X Trânsito

Como identificar um Vitoriense de carro em qualquer lugar do Mundo?

É fácil, só é esperar se ele vai estacionar em lugar errado ou indevido e pronto, você encontrou um vitoriense. 

Alguém pode explicar a esse humilde Redator por que só Vitória não está na rota das leis de trânsito? Essa é uma missão para o secretário de Trânsito resolver em 2013. 


Para os menos afortunados cognitivamente a palavra Lei vem do latim Lex, regra ou norma - que supostamente deve ser cumprida para um bem social coletivo -. No caso de Vitória e das Leis de trânsito há uma intriga entre os dois tão grande que nem Gugu pode possibilitar esse reencontro. 

POSSE DOS "NOVOS" SECRETÁRIOS

Segue abaixo a lista de todos os Sécretarios empossados para a gestão 2013-2017 do Sr. Prefeito Elias Lira. 


NOTA: Queríamos colocar a foto de cada secretário mais eram muitos e a caixa de texto da postagem não suportava um arquivo tão Grande, por isso pedimos desculpas. Mas você ainda pode usar o nome pra pesquisar sobre o secretário, saber se ele é uma pessoa honesta e competente para o cargo, além de saber a quem cobrar respectivas providencias, é claro.  

• Chefe da Assessoria Especial: Oswaldo Otavio da Cruz Gouveia

• Secretaria Executiva de Desenvolvimento Industrial e Tecnológico: Marcos Mendes

• Secretaria Municipal de Agricultura: Roberto Bezerra

• Secretaria Municipal de infraestrutura e Obras: Manoel Jorge Tavares Sobrinho

• Secretaria Municipal de Defesa Social e Segurança Cidadã: Décio Canuto Filho

• Secretaria Municipal de Serviços Públicos: Demétrius Ribeiro

• Agência Municipal de Transito e Controle de Trêfego: Hildebrando Lima

• Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico: Osângela Sena

• Secretaria Municipal de Governo e Articulação Política: Dr. Ozias Valentim Gomes

• Secretaria Municipal de Controladoria Geral: Flavio Costa

• Secretaria Executiva de Assuntos Jurídicos: Risomar Oliveira

• Secretaria Executiva de Comunicação Social: Djalma Andrade 


• Secretaria Executiva da Mulher.Secretário: Maria das Graças

• Secretaria Municipal de Administração e Finanças: Ladjane Roberto

• Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas: Severino Ribeiro de Lima

• Secretaria Municipal de Planejamento e Orçamento: José Barbosa da Silva Filho

• Secretaria Executiva de Meio Ambiente: Severino Roberto da Silva

• Secretaria Executiva de Projetos e Desenvolvimento Urbano: Selma Andrade

• Secretaria Municipal de Saúde: Veraluce Rodrigues de Lira

• Secretaria Executiva de Administração e Finanças na Saúde: Marli da Paz Alves

• Secretaria Executiva de Ações de Saúde: Karla Patrícia Fragoso

• Secretaria Executiva de Relações Institucionais: Antonio Figuerôa

• Secretaria Municipal de Educação: Maria José de Lira

• Secretaria Executiva de Ensino: Maria Lucia Lorena

• Secretaria Municipal de Ação Social: Manoel Aldo da Silva

• Secretaria Executiva da Igualdade Social: Yara Acácia Alencar

• Secretaria Executiva do Trabalho e Juventude: Ronaldo de Deus e Melo

• Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes: Paulo Roberto Leite Arruda

• Secretaria Municipal de indústria e Comércio: Alexandre Siqueira Ferrer de Morais.

02 de Janeiro de 2013, O Deu o Carai Ressurge


Depois de um Luto (eterno) e um recesso, O Deu O Carai estará de volta, mais eloquente do que nunca, mais sarcástico e mais sincero que... Bem, não vai ter nada mais sincero que O Deu o Carai.

Noticias sobre o Trânsito, Política, Baixarias, mais Política, dia a dia, assuntos aleatórios de Vitória de Santo Antão e outros Planetas você encontrará aqui no Deu O Carai em Vitória.

BOM DIA, desejamos que você seja o Pinto no Lixo da felicidade.   
 

Saudades...


Elmo Freitas - Editor-Chefe (In Memorian) 

O Blog "Deu o Carai em Vitória",  foi fundado no dia 28 de fevereiro de 2011, por conta de um acontecimento simples e banal.

O Blog tinha como pressuposto o humor sarcástico constituído por situações que fazem os cidadãos vitorienses pararem para filosofar "lá com seus botões." 

E com total espontaneidade o Blog despontou e passou a dominar as mídias sociais da cidade de Vitória de Santo Antão, sendo destaque e chamando a atenção de toda a população vitoriense. E tudo isso foi pensado por um Jovem chamado Elmo Freitas. 

Idealista e pensador, Elmo conseguiu usar esta ferramente de forma (ousamos dizer) Pioneira. A partir do Deu O Carai, surgiram outros Blogs e Perfis do Facebook com o mesmo objetivo: divertir, criticar e pensar a nossa cidade. 

Hoje (22/12/2012), publicaremos uma coisa que nunca acharíamos que um dia seria publicado: O triste falecimento do nosso Amigo Elmo Freitas. Que Usava o Cognome Caraiano de EDITOR-CHEFE. 

É com muito pesar que passamos essa noticia para vocês... 

HOJE O MUNDO ACABOU... ACABOU PARA UM JOVEM QUE AMAVA A VIDA COM POESIA, SARCASMO E INTELIGENCIA.

Descanse em paz, amigo. 

Coloco aqui todos que contribuíram para o Deu O Carai: 
Eu... Darlan Galvão - O Poeta.
        André Holanda - O Romântico
        Túlio Rafael - O Dom Juan  
        Will Santa Rosa - O Bruto 

E todos que ajudaram de alguma forma para o engradecimento do Blog Deu O Carai em Vitória.
  

FIM DO MUNDO - COMUNICADO OFICIAL



Em decorrência dos possíveis eventos cataclísmicos para o dia 21/12, o Blog Deu o Carai entrará em recesso no dia 20/12, quando nossos redatores viajarão para a Cidade de Alto Paraíso em Goiás (numa tentativa de sobreviver) – inclusive já estamos postando de Goiás. Caso nada aconteça retornaremos no dia 23/12.


Blog Deu o Carai em Vitória

INTEGRAR AS PESSOAS NAS CIDADES É O CAMINHO




A sociedade brasileira afunda na desintegração social e este processo fica evidente na violência que assola as grandes cidades, no avanço do crime organizado e no abismo que separa as condições urbanísticas de diferentes setores. A reação natural, elementar e primária da sociedade menos vulnerável é a de autodefesa. Diante da sensação de insegurança, a proteção individual e familiar ganha destaque e protagonismo até o ponto de virar psicose social. Criam-se aparatos que alimentam uma próspera indústria da segurança acompanhada da correspondente extorsão, que cria dificuldades para vender facilidades.

A arquitetura e o urbanismo refletem, na construção da cidade, este processo que prioriza a segurança como condição de projeto. Edifícios-fortaleza, condomínios fechados e paisagens urbanas de muros, portões e guaritas definem a maioria das cidades contemporâneas brasileiras. Criou-se um circuito viciado em que edifícios excludentes e antissociais alimentam a própria marginalidade e propiciam a violência urbana ao propor estruturas defensivas e desestimulantes do convívio cidadão e da natural apropriação e vivência dos espaços públicos.

Em nome da segurança cria-se mais insegurança, afastam-se as pessoas do convívio social, fomenta-se o deterioro das calçadas e do mobiliário urbano e decreta-se a morte da cidade como lugar de manifestação social cotidiana e coletiva. O resultado é uma sociedade individualista, egoísta e narcisista, carente de qualquer rasgo de humanidade e de respeito pelo próximo carente, e uma cidade sem alma, dominada pelos automóveis, sem espaços públicos que estimulem a natural apropriação das pessoas.

A sociedade atingiu um estágio no qual resulta preciso virar o jogo se queremos evoluir para um grau elementar de civilidade. O paradigma da defesa torna-se contraproducente para o objetivo de urbanidade almejado. Integrar é o caminho a iniciar: estimular a inclusão social, dignificar e priorizar as ações nas periferias e favelas, desenvolver efetivas políticas de promoção social, propiciar o uso misto, investir no melhoramento ostensivo do espaço urbano, fomentar o transporte público eficiente e qualificado, restringir o uso do automóvel. De igual forma, substituir a cultura do individualismo pela sociabilidade, do egoísmo pela solidariedade, da exclusão pela inclusão, da cidade segregada pela cidade aberta, do automóvel pelo pedestre e do interesse particular e mesquinho pelo geral e solidário na procura de uma sociedade melhor.

O desafio é possível. Cidades como Bogotá e Medellín superaram, em curto período de tempo, realidades ainda mais adversas com determinação política, favorecimento do interesse geral, planejamento persistente e qualidade arquitetônica e urbanística ostensível. O urbanismo com planejamento de longo prazo e a arquitetura qualificada e participativa são caminhos comprovadamente eficientes para empreender uma mudança radical em direção a uma sociedade sadia e uma cidade civilizada.

Blog Deu o Carai em Vitória
Texto retirado integralmente do Blog Acerto de Contas

FIM DO MUNDO - SECRETARIA DE SAÚDE DA VITÓRIA ADQUIRE TRÊS NOVOS VEÍCULOS





Tendo em vista o fim do mundo, previsto para a próxima sexta-feira (21/07), a Prefeitura da Vitória reforçou o sistema de saúde pública dos vitorienses, adquirindo três novos veículos.

Numa parceria inédita com o Governo Federal a Secretaria de Saúde recebeu três novos veículos, todos zero Km. Uma viatura modelo Doblô será destinada ao PSE (Programa de Saúde na Escola), que articula educação e saúde para formação integral dos estudantes e a outra ao NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família), modelo do Ministério da Saúde que vem reorientando o SUS aproximando os serviços básico à comunidade, onde profissionais de diferentes áreas de conhecimento como fisioterapeuta, psicólogo, nutricionista, assistente social e educador físico, atuam em conjunto compartilhando as práticas em saúde ampliando a qualidade de serviço à população.

Em Vitória de Santo Antão existem três núcleos do NASF nas localidades de Cajueiro, Lídia Queiroz e Bela Vista, cada um núcleo integrado com oito postos de saúde.

Além dos dois Doblo’s a parceria proporcionou à Secretaria de Saúde a aquisição de uma moto. Na semana passada foi a vez do Samu ganhar mais uma ambulância.



Blog Deu o Carai em Vitória
Informações complementares: Portal da Prefeitura da Vitória
 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico