Redes Social

Filosofando sobre Música Política vitoriense


Quando trata-se de fazer zoada, nossos políticos são especialistas, passam horas, gastam tempo e dinheiro para pagar cantores e carros de som. E quem faz mais barulho, supostamente ganha mais votos.

Sem falar na concessão e anulação de qualquer infração de trânsito. Se antes as leis não funcionavam na Cidade, imaginem agora! Qualquer infração é nula. - "Só não pode matar... O resto pode". - Devem dizer os organizadores. 

Tem muita gente formadora de opinião que reclama: - "Cadê a prática política?" - Pois bem, caros amigos de opinião, existe sim prática política, ou seja, é o barulho como prática política. O resto são "só detalhes bem pequenos deles dois". 

Por isso lhes coloco uma reflexão sobre a seguinte música:

"Baixim, baixim, baixim, baixim é assim que toca o SOM do Amarelim...
Pressão, Pressão, Pressão, Pressão é assim que toca o SOM do meu Vermelhão..." 

Note que na letra da música o que está sendo enfatizado é justamente a palavra SOM, o qual não só no texto escrito está enfatizado, como também na própria música. Não é uma corrida por melhores propostas, não é quem grita mais para mostrar as ideias e sim quem tem o SOM mais alto, o som mais "pressão". É a tentativa de te deixar surdo, pois assim você não vai precisar ouvir mais as suas verborragias. 

Surdez eleitoral é a maior proposta deles. É a prática política áudio-depreciativa.
   

Blog Deu o Carai em Vitória

Um comentário:

  1. Pois é tempo de eleição aqui em Vitória é essa palhaçada. Pior ainda é o povo que perde seu tempo em carreatas/caminhadas. (Qual a parte do voto secreto que ninguem entendeu) ''Era bom o tempo do coronelismo de volta pra esse povo ver o que é lei do cão''.

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico