Redes Social

DENGUE: um visitante nada agradável



Se você não percebeu, o período chuvoso na região chegou e com ele um visitante que costuma "pintar miséria" durante todo o ano, mas que com as chuvas sua proliferação é bastante significativa. Se você é tão inteligente que ainda não decifrou, saiba que esse visitante é carinhosamente apelidado de “Mosquito da Dengue”, o famoso Aedes Aegypti.

Para os menos afortunados cognitivamente, dengue é a enfermidade causada pelo vírus da dengue, um arbovírus da família Flaviviridae, gênero Flavivírus, que inclui quatro tipos imunológicos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. A infecção por um deles dá proteção permanente para o mesmo sorotipo e imunidade parcial e temporária contra os outros três.  A dengue tem, como hospedeiro vertebrado, o homem e outros primatas, mas somente o primeiro apresenta manifestação clínica da infecção e período de viremia de aproximadamente sete dias. Nos demais primatas, a viremia é baixa e de curta duração.

Segundo a Secretaria de Saúde da Vitória cerca de 80% dos focos do mosquito são encontrados dentro das casas.  Nessa época a população deve ficar alerta com a água acumulada após as chuvas em lajes, canaletas, pneus, vasilhames e outros recipientes. É justamente esse um dos fatores que aumentam os índices de foco do mosquito.

Os ovos, praticamente imperceptíveis a olho nu, podem resistir até um ano e meio sem água aguardando um descuido ou uma chuva para evoluírem para larvas e, posteriormente, para mosquitos.


Veja algumas medidas para afastar o risco da dengue de casa:
  • Pratos de vasos: retirar ou virar ao contrário. Outra alternativa é colocar areia grossa ou furar.
  • Vasos de plantas e flores com água: Retirar a água do vaso e colocar a planta em vaso comterra.
  • Tampinhas, latas e embalagens: recolher em saco plástico, fechar bem e colocar no lixo.
  • Garrafas, baldes e vasos vazios: cobrir e colocar em local protegido da chuva.
  • Bebedouro de animais domésticos: lavar com esponja e sabão pelo menos duas vezes por semana. guardar se for viajar.
  • Caixas d’água: verificar a tampa e trocar se estiver quebrada.
  • Ralos: devem permanecer sempre desentupidas e sem pontos de acúmulo de água.
  • Calhas: desentupir e limpar para a água correr livremente.
  • Piscinas: clorar a água e manter coberta quando não estiver em uso.
  • Entulhos de obras: cobrir e colocar em local coberto ou colocar no lixo reciclável.


Blog Deu o Carai em Vitória
Informações complementares: Portal da Prefeitura da Vitória / Wikipédia



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico