Redes Social

Sábia engenharia...



Depois de uma reforma magnífica e milionária na Praça da Matriz, começamos a desvendar vários mistérios tecnológicos que nunca foram usados em uma ágora tão carente de sapiência em obras e engenharia.

Obras essas que até então só tinham sido usadas em Dubai, Xangai e agora estão fazendo parte deste carai. Vamos ao que interessa (“o resto não tem pressa, issssaaaaaa”, se você ainda lembra disso, você tá velho)...

Aspersores: Para os menos afortunados cognitivamente, “aspersor” do grego “voutemolharis” é aquela “paradinha” que se encontra em cada canto de jardim da praça que tem como função molhar a nossa bunda ao invés de irrigar as plantas e/ou matos.

Chafariz: Para os menos afortunados cognitivamente, “chafariz” do grego “caiaguafora” é uma construção, ornamental ou não, provida de uma ou mais bicas, de onde jorra água (não carai, jorra mijo) e que visa aqui em Vitória representar a dança das chuvas realizadas pelos índios que precisavam tomar banho e lavar o “suvaco” fedorento.

Por essas e outras, sinta-se privilegiado por morar em uma cidade onde o governo investe em alta tecnologia e na sua comodidade, leve sabonete e toalha e delicie-se em um banho a céu aberto na praça.



                                                              Blog Deu o Carai em Vitória

3 comentários:

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico