Redes Social

[ESPECIAL "03 DE AGOSTO"] Conheça a Holanda

Em homenagem aos 366 anos da batalha das Tabocas, vamos conhecer os principais envolvidos nesse simbólico acontecimento. Começaremos pelos Países Baixos, popularmente conhecido como Holanda.


Os Países Baixos (em neerlandês: Nederland, literalmente "país baixo") são um país da Europa Ocidental que constitui a maior parte do Reino dos Países Baixos. É uma monarquia constitucional democrática parlamentar. Os Países Baixos são banhados pelo Mar do Norte ao norte e a oeste, e fazem fronteira com a Bélgica ao sul e com a Alemanha a leste.

Os Países Baixos são frequentemente chamados de Holanda, o que é tecnicamente impreciso, já que as Holandas do Norte e do Sul são duas de suas doze províncias. O gentílico holandês é o normalmente utilizado para se referir ao povo, à língua e a qualquer coisa que pertença aos Países Baixos, embora mantenha a ambiguidade. Neerlandês é o gentílico não-ambíguo, alternativo.

Para os menos afortunados cognitivamente, Amsterdã é uma das maiores cidades da Holanda, conhecida mundialmente por ser um puteiro a céu aberto.  Armas, drogas e bicicletas roubadas são geralmente comercializadas em floriculturas, supermercados e cafés, os quais concorrem violentamente ao monopólio nestes ramos lucrativos.

Além de tudo,  Amsterdã é também o cantinho para os amantes. Sexo e infinitas drogas são garantidos 24 horas por dia, sete dias por semana.

A tradição diz que nesta pitoresca cidade existem gaiolas de vidro, nas quais putas mulheres nuas se mostram em público, esperando transar com americanos e japoneses de meia-idade e com ingleses bêbados.

Por consequência do fato de os diques serem, na verdade, esgotos a céu aberto, Amsterdã   é recordista mundial como cidade com maior número de doenças. Existem tantas, que muitos habitantes as possuem em seus nomes. Teringlijder (tuberculoso) e pleurislijder (catarrento) são sobrenomes bastante populares, os quais podem ser ouvidos a qualquer hora na rua.

A Holanda, por muitos anos, foi rival da Tchecoslováquia na exportação de prostitutas, agora com a separação, domina todo o mercado europeu, exportando prostitutas para países de terceiro mundo, com uma única rival, a República Tcheca. Seu emblema de propaganda é "Sexlandesas, tenha uma para você!"


Informações complementares: Wikipédia e Desciclopédia
Imagem: Google imagens

Um comentário:

  1. O que é que eu tô fazendo aqui, hein? Vou me mudar pra lá!

    suhasuh

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico