Redes Social

Quanto vale a vida humana em Vitória de Santo Antão?

"Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade."(*)


Imagem meramente ilustrativa

A vida é um direito inalienável e inviolável. Ninguém poderá ser privado arbitrariamente de sua vida.

Infelizmente, a população vitoriense (sobre)vive sob o sol negro da banalização da vida. Através de atos de barbárie muitas vidas são ceifadas por mentes e mãos predadoras, dotadas de extrema insensibilidade diante do valor da vida. 

Quanto vale a vida humana? Certamente, olhando esse valor pela visão dos olhos materialistas e mundanos, a vida vale qualquer preço. Pode valer um cigarro ou a quantia de R$ 1,00; Pode valer uma traição ou uma crise de ciúme incontida; pode valer um carro ou uma "generosa" quantia em espécie; pode valer o tamanho da ambição e inveja pelo que o semelhante é e/ou possui; pode valer um instante de raiva ou simplesmente o ímpeto perverso de não tolerar a existência da vida sob qualquer aspecto. 

Em vitória de Santo Antão, zona da mata sul de Pernambuco, é isso que a vida humana nos últimos dias vem valendo; praticamente nada.

Alguns cidadãos, desta cidade, que se julgam humanos estão evoluindo... (ou seria retrocedendo?) para um nível que não podemos chamar de animal, porque nem os animais são capazes de tamanhas atitudes.

Só lembrando aos menos afortunados cognitivamente que, os seres humanos (às vezes chamados genericamente homens) são uma espécie de seres vivos; do ponto de vista biológico, caracterizam-se por pertencer à espécie Homo sapiens, da ordem dos primatas, a única sobrevivente do gênero Homo.  O nome científico expressa também outros dos aspectos que são considerados definitórios da espécie, além de suas peculiaridades biológicas: sapiens significa sábio ou capaz de conhecer, e é precisamente a capacidade do ser humano de realizar operações conceituais e simbólicas muito complexas, que incluem, por exemplo, o uso de sistemas lingüísticos bastante sofisticados, o raciocínio abstrato e as capacidades de introspecção e especulação - um de seus traços mais marcantes; possivelmente esta complexidade, fundada neurologicamente um desenvolvimento desusada do cérebro , seja também uma das razões de muito complexas estruturas sociais que o ser humano desenvolveu, e que formam uma das bases da sua cultura, abrangendo desde entidades locais, como as famílias , inclusive organizações de extensão quase global, como nações , empresas e comunidades acadêmicas , religiosas e de muitas outras classes. As crenças , normas e instituições a que estas deram pé formam a base do exuberante patrimônio cultural da humanidade.

Diante de tanta violência, injustiça e descaso para com a vida, é importante se questionar profundamente sobre o valor que esse bem possui. Será que uma determinada vida enriquece, de fato, violando o direito de existência de outra vida?

Em vista de tal questionamento é oportuno observar que de acordo com a Lei Magna brasileira, título II, capítulo I, art. 5°, "todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à VIDA, à LIBERDADE, à IGUALDADE, à SEGURANÇA e a PROPRIEDADE." 

Quanto vale a vida humana?




Informações complementares: Folha de PE, Blog Folha de Óbidos, Constituição Federal e  Wikipédia.
Imagens: Google Imagens
(*)Declaração Universal dos Direitos do Homem

5 comentários:

  1. a vida humana hoje em dia é mais banal do que uma simples folha que cai ao chao

    (Clarice)

    ResponderExcluir
  2. Eu insisto em ser otimista. As coisas vão melhorar!

    ResponderExcluir
  3. Não custa nada ser otimista, né, Mazes?!Mas a realidade aponta para o outro lado da moeda.

    ResponderExcluir
  4. A coisa ta feia mesmo...

    Isso é um belo atrativo turistico!

    ResponderExcluir
  5. Abatedouro... Matadouro... Festa da Carne.

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico