Redes Social

Buracos em Vitória de Santo Antão - Consequencias de gravações de novela (Morde & Assopra)

Cidadãos vitorienses estão inquietos sobre o que está acontecendo com as Ruas da Cidade. Alguns cogitam que é a chegada do cataclismo, da profecia; outros dizem que são apenas gravações da novela Morde e Assopra.

Uma típica Rua  de Vitória de Santo Antão


Vitória de Santo Antão, zona da mata sul de Pernambuco, vem demonstrando um desenvolvimento socioeconômico e estrutural que surpreende até os mais conceituados órgãos de pesquisas do país. A pesquisa mais recente, feita pelos escribas do Blog, revela alguns dados interessantes, entres eles que o município em questão cresce, em todos os setores,  mais rápido que o próprio universo.

Chegar a essa conclusão não foi difícil. Até os menos afortunados cognitivamente obteriam êxito. Para isso, basta caminhar pelas ruas e vielas da cidade, na qual “buracos negros” surgem a todo o momento.

Para os pobres em cognição, a Teoria Geral da Relatividade, nos diz que um buraco negro é uma região do espaço da qual nada, nem mesmo a luz, pode escapar. Este é o resultado da deformação do espaço-tempo causada por uma fonte altamente massiva e compacta. Um buraco negro é limitado pela superfície denominada horizonte de eventos, que marca a região a partir da qual não se pode mais voltar. O adjetivo negro em buraco negro se deve ao fato deste não refletir a nenhuma parte da luz que atinja seu horizonte de eventos, atuando assim, como se fosse um corpo negro perfeito em termodinâmica. Acredita-se também, com base na mecânica quântica, que buracos negros emitam radiação térmica, da mesma forma que os corpos negros da termodinâmica a temperaturas finitas. Esta temperatura, entretanto, é inversamente proporcional a massa do buraco negro, de modo que observar-se a radiação térmica proveniente destes objetos torna-se difícil quando estes possuem massas comparáveis às das estrelas.

Em breve, segundo os cientistas que colaboram com o Blog, esses buracos que se formam a todo o instante se unirão, formando um único buraco. Aquele, cujo os profetas mais eloqüentes previram. 

Entretanto, existe um grupo de céticos e conspiradores que dizem que o real motivo da cidade está transformando-se em uma tábua de pirulito, dar-se devido à gravações da novela Morde e Assopra , produzida pela Rede Bobo de Alienação, mas conhecida como “Grobo”,  e exibida no horário das 19 horas. Escrita por Walcyr Carrasco e dirigida por Roberta Richard, Fábio Strazzer e Pedro Vasconcelos, com direção de geral Pedro Vasconcelos e núcleo de Rogério Gomes, sua estreia foi no dia 21 de março de 2011.

A novela conta a história de Júlia, uma conceituada paleontóloga que passou anos viajando o mundo pesquisando a fundo  fósseis de dinossauros a procura de uma nova espécie pré-histórica para terminar sua tese em doutorado, e tudo leva a crer que essa nova espécie se encontra perdida nas nobres terras de Vitória de Santo Antão. 
Só recordando aos menos afortunados intelectualmente que um paleontólogo é um cientista que estuda Paleontologia, (do grego palaiós, antigo + óntos, ser + lógos, estudo) cujo é a ciência natural que estuda a vida do passado da Terra e o seu desenvolvimento ao longo do tempo geológico, bem como os processos de integração da informação biológica no registro geológico, isto é, a formação dos fósseis.

O objeto imediato de estudo da Paleontologia são os fósseis, pois são eles que, na atualidade, encerram a informação sobre o passado geológico do planeta Terra. Por isso, se diz frequentemente que a Paleontologia é, simplesmente, a ciência que estuda os fósseis. Contudo, esta é uma definição redutora, que limita o alcance da Paleontologia, pois os seus objetivos fundamentais não se restringem ao estudo dos restos fossilizados dos organismos do passado. A Paleontologia não procura apenas estudar os fósseis, procura também, com base neles, entre outros aspectos, conhecer a vida do passado geológico da Terra.

Entre os relativistas e os conspiradores, a verdade que todos comungam do mesmo princípio ideológico: Vitória de Santo Antão é um buraco, literalmente. Sua geografia já diz tudo, e com a ajuda da falta de manutenção das ruas... é que Deu o Carai mesmo.


Blog Deu o Carai em Vitória
Informações complementares: Wikipédia e Portal da Sociedade Brasileira de Paleontologia.
Imagem: Internauta anônimo.

Um comentário:

  1. achei muito interessante o post ...
    seguindo o blog

    http://andyantunes.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico