Redes Social

Em atitude linda, prefeitura de Vitória começa a reformar o zoológico

Imagem: Reprodução/GloboNE



Sabiamente, depois de séculos no esquecimento, a prefeitura municipal de Vitória de Santo Antão começou a reformar o Zoológico da cidade. Por determinação do Ministério Público, o local está fechado para visitação desde setembro por não ter licença ambiental nem apresentar segurança ou conforto para as pessoas e os animais. Tanto o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) quanto o Ibama questionaram a maneira como a reforma está sendo feita e disseram que ela não garante a reabertura do espaço.

De acordo com sociólogos de porta de bar, a atitude em reformar o até então parque dos dinossauros, ou melhor, Parque Melo Verçosa, é de extrema inteligência, uma vez que tal ato, pelo que se sabe, não aumentará o espaço, muito menos trará conforto aos animais e visitantes. Ou seja, dinheiro público usado em benfeitoria do nada.

Inaugurado em 1950, o local nunca recebeu licença ambiental para funcionar. Operários estão ampliando algumas jaulas onde os animais são mantidos e vários pontos estão recebendo grama. Uma área de quarentena para os animais que ficarem doentes está sendo construída e os espaços das aves maiores deverão ganhar mais altura para que as árvores façam parte do ambiente.

Mas ainda há muito por fazer. O local tem grades e jaulas enferrujadas, telas de proteção remendadas. O zoológico de vitória tem 104 animais. Entre as aves, muitas araras, um urubu-rei, um gavião. também há mamíferos pequenos, como macacos, o quati, o papa-mel, o gato selvagem. Situação preocupante é a do leão Ageu, que está velho e doente - ele é cego de um olho e tem a visão do outro comprometida por uma catarata. Ageu passa a maior parte do tempo deitado e só ruge quando estimulado pelos funcionários do zoológico.

O urso pardo Bruno também está com problemas. É fácil ver que o animal tem muitas falhas na pelagem, se coça muito nas grades e nas paredes da jaula. Bruno chegou ao local em 2004, ele era de um circo e foi recolhido pelo Ibama depois que se constatou que sofria maus tratos e estava muito abaixo do peso.

Antes, ele passou por um período de quarentena no zoológico do Recife. Hoje, o urso pesa quase trezentos quilos. A jaula dele foi considerada pequena pelo Ibama, que também reclamou do tamanho do tanque, usado pelo bicho para se refrescar. “Não é ácaro, nenhuma doença. Ele não tem a inteligência de deixar de coçar. Está medicado para não ter dermatite por contato”, explicou Manoel Bento Dias Filho, veterinário do zoológico.

O local onde está a lhama também é inadequado, o portão, bem precário. Além disso o animal está com uma aparência descuidada, precisando ser tosado. Também chamam atenção os dois avestruzes. Um deles está com parte do corpo sem as penas.

Blog Deu o Carai em Vitória
Informações complementares: G1/PE

2 comentários:

  1. Amaro Do nascimento silva.11 de novembro de 2012 08:20

    Gaiola bonita não dar comer a canário, digam ao prefeito que ponham também comidas para ele. e aos efetivos não babão deem todo mês uma cesta básica, é questão de sobrevivência.

    ResponderExcluir
  2. essa reforma fantasma nao adianta nada , pois nada dessa reforma foi passada para o IBAMA. no entanto o proprio IBAMA , desconhece tal obra , que esta gastando o dinheiro publico em vao."limpin,limpin,limpin.

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico