Redes Social

Vitória responde

Político Honesto pergunta: Vitória, olhando direitinho pra rua da águia, ela já foi uma linda rua, mas as construções de alvenaria acabaram com sua beleza, algum dia teremos essas ruas novamente?

Político Honesto é tão raro ver você por aqui! (Piadinha). Realmente, toda vez que passo na frente do mercado público e vejo aquela fachada linda, com o escudo da República, fico penando em como a cidade poderia ser mais bonita e ter seu atrativo turístico. Desconheço algum projeto pra modificação da condição da Rua da Águia. Poderíamos até ver essa rua em melhor condição, mas precisaríamos de um político com pulso e coragem... Afinal existe um conflito de interesses naquela Rua.

De um lado poderíamos remodelar a rua e do outro onde ficariam as pessoas que trabalham lá (Feirantes, camelôs etc.).

Com criatividade se resolve tudo. Soluções:

1 – Não precisa retirar ninguém. Para quem tem barraca de alvenaria em frente ao mercado público poderia se fixar dentro do mercado. O mercado seria reformado e abrigaria esses trabalhadores.

2 – Não precisa tirar nenhum feirante ou camelô. Os mesmos teriam barracas padronizadas (tamanho, cores, material, tudo igual) isso daria uma estética melhor ao lugar atraindo até mais gente pra consumo.

3 – Um recadastro das pessoas resolveria e organizaria quem iria ter o direito a ser beneficiado com essas mudanças.

4 – Dinheiro e Vontade Pública. Se não tem dinheiro suficiente, parcerias (tanto pública quanto privada) resolveriam o caso.

P.S.: O que falta é coragem, pois sabemos que há pessoas que passaram a vida toda do jeito que estão e são completamente resistentes a mudança, além é claro de ser um nicho eleitoral onde nenhum político que perder

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico