Redes Social

Vitoria responde

Auceu pergunta: Oi, fico feliz em te perguntar, assim põe um luz no túnel em nossas ingnorâncias, me respode vai, hoje um grande problema para nós todas são as enchentes, devemos ter um cuidado muito grande em não degradarmos os manancias, cabeceiras dos rios, lugares onde nas enchentes serve como depósitos dos rios, pois bem, lá no bairro do Maués por traz do galpão da feira há aquela vargem que serve para este fim nos períodos das chuvas, mas não é que a prefeitura estar aterrando. Pode?

Oi Auceu! Sempre eloqüente, né?. Quando os interesses públicos/privados são maiores não importa que rio ou várzea vá ser aterrado. E pra que medir conseqüências? Já que quem vai sofrer com as enchentes é o povo. A mesma coisa acontece no inicio do Bairro do Jardim Ipiranga. Bairro que sofre sempre nos períodos chuvosos, onde alguém muito “esperto” aterrou exatamente o ponto que naturalmente sofre mais com as chuvas, ali bem próximo a ponte do “arial” e ninguém fez nem faz nada.

E ainda tem gente que diz que o alargamento da margem do rio vai melhorar a condição dele e amenizar as consequências da chuva. Pois bem, minhas fofurinhas, toda área de várzea é uma região propicia a enchentes, e o mal planejamento e a ausência de mata ciliar só vem aumentar o assoreamento do rio. E quem sofre é a população ribeirinha, ou seja, nenhum político.

P.S.: As várzeas, principalmente nos pontos mais próximos do rio, não é o lugar muito adequado à ocupação de moradias, porém, na maioria das vezes é o lugar que sobra para a constituição da dignidade do cidadão.

P.S2.: Os interesses privados ultrapassam os limites da natureza, em resposta as consequências são trágicas.

P.S3.: Alguém sabe de algum político que sofre ou sofreu com as consequências das cheias que assolaram Vitória?

2 comentários:

  1. os esgotos das ruas proximo ao local que ta sendo aterrado ta tudo dand retorno as ruas tao cheias de esgoto estourados, literamente que merda em prefeito, aff

    ResponderExcluir
  2. Apenas pra constar, durante a enchente de 2005 o ex-prefeito usou de sua residência como abrigo para vários dos desabrigados, lá no Roberta Miranda, onde por sinal o mesmo mora ao lado, até que os mesmos pudessem ir para algum abrigo ou casa de parentes em quanto o problema não podia ser resolvido.

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico