Redes Social

Sarcasmo sem sarcamos



Aos menos afortunados cognitivamente, sarcasmo (do grego antigo σαρκασμός "sarkasmos" ou "Sarkázein"; Sarx=“carne” Asmo= queimar “queimar a carne”) designa um escárnio ou uma zombaria, intimamente ligado à ironia com um intuito mordaz quase cruel, muitas vezes ferindo a sensibilidade da pessoa que o recebe. A origem da palavra está ligada ao fato de muitas vezes mordermos os lábios quando alguém se dirige a nós com um sarcasmo mordaz. O sarcasmo é uma figura de estilo muito utilizada nas artes orais e escrita, designadamente na literatura e na oratória. Fyodor Dostoyevsky foi um dos grandes representantes do uso deste recurso estilístico, definindo-o como "o último refúgio dos modestos e virtuosos quando a privacidade das suas almas é invadida vulgar e intrusivamente". O sarcasmo distingue-se de outras formas de retórica como as quais ele tem uma ligação e complementaridade muito forte. Distingue-se também de figuras de linguagem muito próximas, usadas num mesmo contexto, mas com causas e efeitos distintos.

Com o humor negro

A diferença tem base no fato que o humor negro está mais direcionado para a comédia, enquanto que o sarcasmo nem sempre está, embora aconteça muitas vezes. O humor negro tenta divertir um público, uma plateia, usado frequentemente no cinema. O objeto do humor negro não é tanto a ironia, porém mais temas macabros e preconceituosos.

Com o cinismo

O Cinismo foi uma corrente filosófica fundada por um discípulo de Sócrates chamado Antístenes e cujo maior nome foi Diógenes de Sínope, por volta de 400 a.C., que pregava essencialmente o desapego aos bens materiais e externos. O cinismo está ainda relacionado a busca pela verdade, de tal forma que o cínico diz o que pensa sem o artifício de eufemismos, pelo contrário, a integridade moral o impede de mascarar a realidade para torná-la mais atraente. Ao contrário do irônico, que revela através da negação, o cínico o faz pela via direta. Não obstante é visto como indiferente aos sentimentos alheios.

Com a ironia

Considera-se algo irônico ao comentário escrito ou oral feito por uma pessoa, designando exatamente o oposto daquilo que realmente se pretendia dizer. O sarcasmo e a ironia estão estreitamente ligados, ambas podem ser usados como figuras de estilo na retórica ou na literatura e ambas não correspondem àquilo que supostamente se pretenderia afirmar. A diferença entre estes conceitos está no fato de que o sarcasmo é sempre mais picante e mais provocador, enquanto que a ironia é uma simples contradição voluntária, com intuito menos áspero e feroz.

O Blog Deu o Carai em Vitória

O Blog tem como pressuposto o HUMOR SARCÁSTICO constituído por situações que fazem os cidadãos Vitorienses pararem para filosofar "lá com seus botões."

O objetivo do Blog é informar os leitores sobre os assuntos cotidianos do município de Vitória de Santo Antão, de uma forma inteligente, entretanto com uma "pitada" de HUMOR e SABEDORIA, estimulando a reflexão e a criticidade política.


Blog Deu o Carai em Vitória
Informações complementares: Wikipédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico