Redes Social

Desenvolvimento imobiliário chega ao Cemitério São Sebastião

Tendo em vista o grande desenvolvimento socioeconômico do município de Vitória de Santo Antão, o Residencial Eterno São Sebastião lança campanha: "Venha pra cá e deixe seu ente querido mais próximo do céu".


Os seres os humanos podem se livrar de muitas coisas, mas há uma  em que se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. Essa coisa se chama “morte”.  Morte para os desprovidos de inteligência é o cessar da vida, seja ela física, moral, intelectual, jurídica, morrida ou matada. Em algumas religiões a morte é considerada como uma salvação, como um marco que será relembrado por todos e até por D(Z)eus. Mas ainda há quem diga que a morte é a passagem da vida na Terra para a vida no Céu ou no Inferno. Porém  também acredita-se que a morte é apenas um “cortador de cana”, solitário, que ainda não encontrou amigos para conviver, e fica andando com roupas pretas e uma foice (seu objeto de estimação) para tentar chamar a atenção de EMO's que gostam de seu jeito de viver. A morte também gosta de visitar sem aviso, se ela bater na sua porta, não atenda...!

A morte (do latim mors), o óbito (do latim obitu), falecimento (falecer+mento) ou passamento (passar+mento) ou ainda desencarne (deixar a carne) são termos que podem referir-se tanto ao término da vida de um organismo como ao estado desse organismo depois do evento.

Geralmente a morte se divide em três tipos: morte matada, morte morrida e suicídios. 

Morte Matada é quando uma pessoa morre pelas mãos de outra pessoa, animal ou objeto que possa levar uma pessoa a ficar confinada numa caixa a sete palmos. Muito comum em Vitória de Santo Antão.

Morte Morrida é quando a pessoa morre devido a ação de seu próprio corpo, como doença ou velhice. 

Suicídio é quando uma pessoa se leva a uma situação de morte, como entrar com a camisa do Santa Cruz no meio da torcida do Sport ou quando se tenta enfrentar um blindado do BOPE ou o Caverão da ROTAM sozinho. 

Para quem consegue a peripécia  de morrer, a humanidade criou uma cidade exclusiva para essas pessoas, a cidade dos pés juntos, ou popularmente conhecida como cemitério. Para os menos afortunados cognitivamente, a palavra "cemitério" (do latim tardio coemeterium, derivado do grego κοιμητήριον [kimitírion], a partir do verbo κοιμάω [kimáo] "pôr a jazer" ou "fazer deitar") foi dada pelos primeiros cristãos aos terrenos destinados à sepultura de seus mortos.  Ou seja, é o lugar que se enterra as pessoas, que já viraram presunto morreram, ou, em alguns casos, que ainda estão vivas. É também um "point" pra muitos góticos de plantão, e motivo de muitas lendas e mitos urbanos.

Vitória de Santo Antão, cidade nordestina, distante 45 quilômetros da capital de Pernambuco, Recife, assim como todos os municípios terrestres possui  um cemitério, o famoso São Sebastião. Como no respectivo município ainda está impregnada a cultura de se fazer cortejo fúnebre, que muitas vezes sai da casa de carai ou de onde Judas perdeu as botas, o que não atrapalha em nada o trânsito (que já é uma maravilha), o cemitério serve como estímulo a prática do exercício físico, a caminhada.

O interessante é que a cidade de aproximados 130 mil habitantes só tem uma necrópole (cemitério), deixando a população de cadáveres bastante confortável, uma vez que, devido a lotação, estão sendo construídos prédios verticais, verdadeiros arranha-céus, com  vários andares e apartamentos amplos. 


De acordo com as informações conseguidas com exclusividade pelos escribas do Blog,  tais construções fazem parte do projeto: “Venha pra cá e deixe seu ente querido mais próximo do céu.”  E vem conseguindo resultados satisfatórios.

E desta forma, há algum tempo, o município pernambucano vem ganhando notoriedade universal em todos os segmentos da sociedade, devido ao espírito empreendedor e criativo dos governantes que regem aquela cidade.


Blog Deu o Carai em Vitória
Informações complementares: Wikipédia e Desciclopédia
Imagens: Google imagens, com montagens do Blog Deu o Carai em Vitória

2 comentários:

  1. filosofar um carai, tudo está certo,e nada está erradoparabens pelas palavras.

    ResponderExcluir
  2. Um recado dos mortos enterrados no cemitério de são sebastião para o prefeito: `` NÓS QUE AQUI ESTAMOS POR VÓS ESPERAMOS``.

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico