Redes Social

Motoqueiros ou motociclistas (?): Os donos da razão no trânsito de Vitória de Santo Antão

Ligo a minha moto e vou por ai! Passo em frente a sua casa, piso fundo pra você me ouvir, faço tanta coisa pra chamar a atenção... O ruído incomoda, que os vizinhos já não querem me ver.*


 Imagem meramente ilustrativa

Uma cidade do interior pernambucano, Vitória de Santo Antão, distante 45 km da Capital, Recife, vem se destacando em vários aspectos socioeconômicos na última década.  Entres os diversos, pode-se mencionar em particular o trânsito, que é um verdadeiro exemplo de civilidade e respeito a legislação. De tão  organizado o mesmo está sendo comparado ao trânsito das  cidades indianas, na Ásia. 

No município pernambucano como na Índia, buzinas tocam o tempo todo, os motoristas filosofam uns com os outros, as direções nem sempre são respeitadas, o mesmo espaço é ocupado por pedestres, carros, caminhões, bicicletas, vacas, elefantes, porcos, cães, motos,  muitas motos... 

Para os menos afortunados cognitivamente, o motociclo, ou motocicleta (também conhecida simplesmente por moto ou ainda mota exclusivamente em Portugal) é um veículo de duas rodas com um motor que propicia sua auto-locomoção capaz de desenvolver velocidade de cruzeiro com segurança e conforto. É um meio de transporte bastante utilizado devido ao mais baixo consumo de combustível e por ter um preço mais acessível que a maioria dos automóveis. Entretanto, há motos que consomem mais combustível do que muitos automóveis, variando, entre outros fatores, com a cilindrada do motor.

Em Vitória de Santo Antão, esses veículos são pilotados por verdadeiros profissionais, que também são artistas. Os mesmos são capazes de fazer peripécias no trânsito que até os mais experientes marabalistas dos mais renomados circos do mundo estão vindo à cidade para capacitações.

Imagem meramente ilustrativa

Para os motoqueiros ou motociclistas vitorienses, não existem lugares que não sejam possíveis de se passar. Pode ser por dentro de feira-livres, becos que aparentemente não passam nem moscas, vias proibidas, pela esquerda, pela direita, irrompendo por entre os carros - nem sempre com espaço... Enfim, passam por todos os lugares, inclusive por cima de pessoas. E de acordo com um estudo preliminar  feito pelos escribas do Blog, esses condutores são os únicos no universo que são os donos da razão; eles nunca estão errados.
Portanto, se alguém for gentilmente atropelado... Apenas agradeça. Eles são exemplos de ética, respeito, cordialidade e cidadania.

Informações complementares: Wikipédia - Enciclopédia Livre Online
Imagens: Google imagens
*Trecho da música: Sobre minha moto - Menudo

Um comentário:

  1. Pior que é mesmo... mas nao é só em Vitoria nao. É todo o lugar!

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico