Redes Social

Recapeamento do asfalto no centro da cidade! Eis a questão!


Pronto... agora deu o carai em Vitória,  a prefeitura  em uma atitude bastante sábia, deu início nesta terça-feira (01/03) o processo de recapeamento de algumas ruas do centro da cidade. O recapeamento de asfalto ou alcatrão (menos popular) é um betume espesso, de material aglutinante escuro e reluzente, de estrutura sólida, constituído de misturas complexas de hidrocarbonetos não voláteis de elevada massa molecular, além de substâncias minerais, resíduo da destilação a vácuo do petróleo bruto. Não é um material volátil, é solúvel em bissulfeto de carbono, amolece a temperaturas entre 150°C e 200°C, com propriedades isolantes e adesivas. Também denomina a superfície revestida por este betume. É muito usado na pavimentação de ruas, estradas e aeroportos.   - Pronto, agora deu o carai denovo...-

Mas, como ninguém sabe se quem nasceu primeiro foi o ovo ou galinha, ou ainda a ideia (como diziam alguns pré-socráticos)... Alguns filósofos vitorienses ficam nas pertinentes e intrigantes indagações: “Que prefeitura do carai é essa...? fecha a praça da Matriz em pleno carnaval, muda o trajeto dos blocos (até das troças)... Será que isso não uma estratégia para não incomodar o Santo Padre e os Patrícios que ali residem?
 Quanto ao asfalto, geralmente, em outras cidades esse tipo de obra é realizada durante o período noturno, mas em horário comercial?

E qual o problema do  “horário comercial”? 

Bem, fosse há umas três milênios  atrás... não teria nenhum problema.

No entanto, como após “toda tempestade vem a bonança”, (ou seria lama?),  assim podem pensar alguns, as ruas do centro  ficarão macias-macias e os motoristas que estão reclamando hoje, poderão” afundar o pé”, ou não... afinal o carnaval vem aí e o peso dos trios-elétricos -  que é o nome pelo qual, no Brasil, é chamado um caminhão adaptado com aparelhos de sonorização para a apresentação de música ao vivo, através de alto-falantes, em que são executados axé, samba, frevos e outros ritmos, que teve sua origem em Salvador, no ano de 1951 e, ao longo das décadas, evoluiu ao ponto de se tornar um dos grandes atrativos do Carnaval da Bahia e outras festas do país - . possivelmente irão “fofar” o alcatrão recém colocado. Afinal, o asfalto é um betume espesso, de material aglutinante escuro e reluzente, de estrutura sólida, constituído de misturas complexas de hidrocarbonetos não voláteis de elevada massa molecular, além de substâncias minerais, resíduo da destilação a vácuo do petróleo bruto. Não é um material volátil, é solúvel em bissulfeto de carbono, amolece a temperaturas entre 150°C e 200°C, com propriedades isolantes e adesivas.


 Deu o Carai em Vitória
*Reflexão sugerida por um filosofo e leitor encaraiado.
*Informações complementares da Enciclopédia Livre Online (Wikipédia)

3 comentários:

  1. Bem segundo pesquisadores a galinha nasceu primeiro do que o ovo, pois tem uma proteina do ovo que só poderia sair de uma galinha preexistente.

    agora o "carai" mesmo falando em carnaval foi a hora que saio o bloco 93.5...antes não poderia ter eventos depois das 23h, de que horas o bloco saiu mesmo?

    deu o carai...

    ResponderExcluir
  2. Dds Camisas... sabes que tu tens razão? Aquilo foi desrespeito com o público. Se eu nao me engano o bloco estava marcado pra sair de 21h, não era?

    ResponderExcluir
  3. Sabes que estas enganado quando falas q ninguém sabe quem nasceu primeiro sobre a polêmica questão do OVO e da GALINHA?
    De fato sabemos sim, pois quem nasceu primeiro foi o OVO enquanto estrutura Gametica Reprodutiva antes mesmo da GALINHA como nós a conhecemos hoje passar a existir resultante da evolução de um ancestral comum que também era uma AVE OVÍPARA.
    Traduzndo para os menos afortunados: O OVO veio antes da GALINHA!

    ResponderExcluir

Opinião é como cheque: todo mundo pode emitir, mas não necessariamente vale alguma coisa. Respeito é bom e todo mundo gosta.

 

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA

OUTROS BLOG'S DE VITÓRIA
Revista Fragmentos

Travessia Mata Centro

Escola Virtual

Ven1

Dieguinho Gravações

Marcelo de Marco

Amor por Clássico